≡ edrone Blog
You've successfully subscribed to edrone
Great! Next, complete checkout for full access to edrone
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.
Success! Your billing info is updated.
Billing info update failed.

Copywriting para E-commerce: Transforme Palavras em Dinheiro

Durante muito tempo, as empresas de e-commerce usaram uma estratégia de marketing baseada apenas em fotos atrativas, sem maiores preocupações com as descrições dos produtos. Mas a internet é muito dinâmica.

Andre Floriano
Andre Floriano

Durante muito tempo, as empresas de e-commerce usaram uma estratégia de marketing baseada apenas em fotos atrativas, sem maiores preocupações com as descrições dos produtos. Mas a internet é muito dinâmica.

As mudanças acontecem todos os dias. Com a evolução do Search Engine Optimization (SEO), as descrições devem ser cada vez melhores para que o e-commerce apareça nas primeiras posições do Google.

Além de fotos bonitas e descrições técnicas, os textos também são fundamentais para aumentar as vendas de um e-commerce.

Para escrever textos que vendem e transformar palavras em dinheiro, nada melhor do que o Copywriting.

Vamos refrescar a memória sobre o que é copywriting

Copywriting é uma estratégia de marketing focada em persuadir o leitor a realizar uma ação — desde a assinatura de uma newsletter até a compra de um produto.

Portanto, o principal objetivo de um copywriter é

  • Atrair: chamar a atenção das pessoas na internet não é fácil. Então, é fundamental começar um texto com uma boa promessa que instigue a curiosidade delas;
  • Qualificar: depois de chamar a atenção, é hora de informá-las sobre o produto, mostrando benefícios, transformações que ele pode causar e depoimentos de outras pessoas que ficaram muito satisfeitas com a compra;
  • Converter: no momento final, a objetividade da comunicação deve ser levada a sério, utilizando o Call To Action (CTA) de forma clara para concluir a venda.

Essa estrutura de três passos serve para todos os mercados… em teoria. Sabemos que cada um tem suas especificidades e, por isso, devem ser tratados de forma diferente.

Como usar copywriting no e-commerce

Então, como aplicar as técnicas de Copywriting para e-commerce?

Antes de tudo, entenda que o Copywriting deve estar presente em toda a comunicação do e-commerce: e-mails, redes sociais, site, descrições de produtos etc.

Não seja chato nas redes sociais

Toda rede social é lugar de interação. Não seja chato. Você precisa oferecer os produtos à audiência, mas não faça isso de forma mecânica e a todo momento.

Inove. Publique coisas que as pessoas realmente querem ver.

Breve estudo de caso:

Procure inspiração em perfis que engajam com a audiência, como o AirBnb:

Observe que a Airbnb não está apenas imprimindo propaganda, mas, sim, criando um bom sentimento em sua audiência, mostrando coisas talvez nunca vistas antes (um teto coberto por parreiras).

Eis a tradução da legenda do post: „A serenidade normalmente não está associada ao Distrito 1, mas este apartamento no centro agitado da cidade torna isso possível. Cada cômodo tem um equilíbrio entre o chique e o relaxante, mas as grandes janelas da cozinha e seu teto coberto por parreiras fazem dela o melhor lugar da casa para relaxar.”

A ideia é simples: Para instigar a curiosidade sobre um apartamento para aluguel, com uma bela foto e um texto destacando como é o melhor lugar para relaxar neste imóvel.

Tenha um funil de e-mails

Um funil de e-mails nada mais é do que a automação de e-mail ativada quando o lead executa ações (também chamadas de gatilhos).

Em todo o funil, os e-mails enviados devem respeitar a ordem de atração, qualificação e conversão. Caso contrário, você enviará ofertas para leads que ainda não entenderam os benefícios do produto ou conteúdo para atrair aqueles que já estão na última etapa.

Breve estudo de caso:

A mensagem de boas-vindas da Nike é sobre qualificação; eles querem ver quem está disposto a explorar seu „mundo”.

Eis a tradução da copy do Email: „Você está dentro | Obrigado por se juntar à Nike – a casa de todo atleta. | Explore | Comece a Usar os Seus Benefícios de Membro | Produtos exclusivos | 30 dias de testes | Entrega grátis, sempre”

Preste atenção às descrições

As descrições dos seus produtos são a primeira impressão do lead que entra  no seu site. Saiba que somente fotos bonitas não serão suficientes para gerar interesse.

Por isso, seja criativo nas descrições. Explore pontos que despertam desejos no lead.

Nunca se limite às especificações técnicas dos produtos porque elas não merecem mais destaque do que um bom título.

Breve estudo de caso:

A Apple descreve o iPhone 11 Pro em poucas palavras. É perceptível como a descrição quer causar emoção no lead, principalmente na última frase: “Conheça o primeiro iPhone poderoso o suficiente para ser chamado de Pro.”

4 dicas fundamentais de Copywriting para e-commerce

Agora você já entende a importância do Copywriting para o seu e-commerce e sabe que ele pode aumentar as suas vendas.

Então, aqui estão 4 dicas fundamentais para a sua estratégia:

1. Conheça seus clientes

Um dos princípios de qualquer tipo de comunicação é entender com quem você está falando.

As redes sociais são muito importantes nesse processo. Pelos comentários, você percebe as palavras mais utilizadas, as principais dificuldades e os maiores desejos do público que você quer servir.

A partir do momento em que você conhece seu público e entende esses fatores em detalhe, toda a sua comunicação será mais efetiva.

Breve estudo de caso:

Uma boa maneira de fazer isso é usar este site – https://tagcrowd.com/ – para criar um quadro de palavras a partir dos comentários do seu público. Nesse caso, reunimos alguns dos comentários (em inglês) na postagem do Airbnb, mencionados acima, e usamos o Tag Crowd para nos dar este resultado:

Se você fizer isso de forma consistente em seus perfis nas redes sociais, terá uma visão clara dos tópicos mais relevantes na mente do seu público.

2. Use títulos atrativos

O título é o primeiro contato do leitor com o seu conteúdo — no site, nas redes sociais, nos e-mails etc.

E, se não for atrativo, será o último.

David Ogilvy, um dos maiores copywriters da história, disse: “On the average, five times as many people read the headline as read the body copy. When you have written your headline, you have spent eighty cents out of your dollar.”

Isso significa que, em média, 80% das pessoas lerão apenas os seus títulos. Mas quando você escreve bons títulos, a tendência é de que mais pessoas continuem a leitura.

E os bons títulos seguem o padrão dos quatro U’s.

  • Unique: apresente algo que surpreenda os seus leitores em sua proposta;
  • Urgent: A urgência é um fator fundamental para fazer as pessoas tomarem uma decisão. Ela pode ser usada principalmente com preço (grandes promoções) e tempo (cronômetros para lembrar o leitor de que a promoção está acabando);
  • Ultra-specific: os leitores precisam saber se o produto que eles estão vendo é exatamente o que eles querem. Existem pesquisas que afirmam que números em títulos geram 73% a mais de engajamento e compartilhamento nas redes sociais.
  • Useful: seu título precisa ser útil para a pessoa que está lendo. Sem isso, mesmo que cause curiosidade, provavelmente ela sairá do site.

Examplo:

Veja como essa técnica é aplicada nos títulos abaixo:

  • The Easiest, Best Way to Clean a Couch (source)
  • Eis a tradução do título desse artigo: „O jeito mais fácil e melhor de se limpar um sofá”
  • How to Easily Analyze the Social Activities of Your Competitors (source)
  • Eis a tradução do título desse artigo: „Como Analisar, de Forma Fácil, as Atividades dos Seus Concorrentes nas Redes Sociais”
  • The Only 3 Ways to Increase Sales (source)
  • Eis a tradução do título desse artigo: „As Únicas 3 Maneiras de Aumentas as Suas Vendas”

3. Reforce os benefícios do produto

Seth Godin, um dos nomes mais importantes no marketing atualmente, afirma: “As pessoas não querem o que você faz. Elas querem aquilo que seu produto fará por elas.” ⠀⠀⠀

Sua comunicação deve causar sensações e desejos na audiência. Por isso, normalmente, começa pelos benefícios do seu produto. A pessoa consegue visualizar como estará no futuro, depois de tomar a decisão de compra.

Se ela tiver essa clareza e entender que as transformações terão um efeito positivo na vida dela, você concorda que fica muito mais fácil vender?

Breve estudo de caso:

Como exemplo, a Apple aparece de novo!

Para divulgar o iPhone 11 Pro, a marca focou a sua comunicação nos principais benefícios dele:

Aprenda a contar histórias

Seu produto não pode ser apenas mais um no mercado. Você precisa diferenciar sua comunicação contando histórias que se conectam e fazem as pessoas deixarem de ser seus clientes e se tornarem fãs de sua marca.

Envolva toda a comunicação com histórias com as quais as pessoas se identificam e desejam ouvir mais e mais. Relacione os produtos que você vende com a realidade em que vivem.

Breve estudo de caso:

Jack Daniel’s…

A empresa popularizou sua marca quando começou a exibir anúncios com histórias sobre a origem do produto para atestar sua qualidade.

Eis a tradução do título dessa propaganda: „DE HOMEM PARA HOMEM, AS BOAS NOTÍCIAS CORREM”

Além de entreter, esse tipo de história tem um apelo emocional porque traz à memória do lead bons momentos com os amigos.

Uma dica bônus para o seu e-commerce

Se você é dono de e-commerce e entendeu a importância do Copywriting, mas não tem o conhecimento para aplicá-lo, pense seriamente em contratar um copywriter.

Investir em um profissional para melhorar a comunicação da sua marca, consertando os erros e aprimorando a relação com o público, pode ser uma das melhores decisões que você irá tomar para o futuro da sua empresa.

Acredite: é possível transformar palavras em dinheiro.

Tutorials & Guides

Andre Floriano

Brazilian living in Poland. Lived for 10 years in the U.S. With experience in International Business and Management. Currently, edrone's Head of Education. Has four children.